quarta-feira, 29 de julho de 2009

Top Blog - votação



Gostaria de agradecer a todos que votaram até agora no Top Blog e lembrar aqueles que não votaram que ainda dá tempo.
A votação vai até o dia 11 de Agosto.
No site do TopBlog você poderá acompanhar os 100 blogs mais votados de cada categoria até agora. E Graças a vocês o blog Juliana-India está entre eles.

Obrigada a todos e sintam-se a vontade para perguntarem sobre a India e sugerirem novos tópicos. O blog não é apenas meu, é de todos nós.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Palavras e expressões básicas II

Vamos continuar nosso dicionário de hindi
दादी - dadi - avó
दादा - dada - avô
भाई -bhai (brai) - irmão
भाबी - bhabi (brabi) - cunhada
चाचा - chacha (tchathca) - tio
चची - chachi (tchatchi) - tia
दीदी - didi - irmã mais velha
बहन - bhan (bran) - irmã
पानी - pani - água
क्या हाल है - kya haal hai - (quia rale) - como vai?
तेरा - tera - sua
मेरा - mera - minha
क्यों - kyu - (quiu) - por que
दिल - dil - coração
हम - hum (ram) - nós
हमारा - humara - (ramara) - nosso
लड़का - ladka (lãrka) - menino
लड़की - ladki (lãrki) - menina
कितना है - kitna hai (kitna re) - quanto custa
में तुम से प्यार करती हु - me tum say pyar karti hu (mé tum se piar karte rum) -eu te amo

terça-feira, 21 de julho de 2009

100.000 visitas


Esse post é para agradecer a todas as pessoas que acompanham o blog.

Hoje atingimos a marca de 100.000 visitas no blog Graças a vocês.

Quero agradecer do fundo do coração por essas visitas. Pedir desculpas por não estar postando tanto quanto gostaria e pedir sugestões a vocês sobre temas a serem abordados.

O que mais desperta a sua curiosidade sobre a India?

Também gostaria de saber dentre todos os post do blog qual o que mais gostaram e qual o que menos agradou.

Conto com a participação de vocês para tornar o blog cada vez melhor.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Diferenças Culturais - Relacionamento

Vamos a mais um post sobre diferenças culturais. Posso estar sendo um pouco repetitiva mas esse tópico sobre diferenças é algo que precisamos sempre falar pois são muitas.
Percebo que cada vez mais está ocorrendo relacionamentos virtuais entre brasileiras e indianos. Algumas, por onda da novela, outras poque simplesmente se apaixonaram mas a todas elas vai o meu alerta.
Não ache que apenas porque ele é gentil com você, romântico, diz toda hora que te ama e que você é a mulher da vida dele que ele irá casar com você.
Existem inúmeros casos de "Raj e Duda" por aí. Eles namoram estrangeiras, se apaixonam por elas mas são poucos os que conseguem realmente levar esse relacionamento adiante. Por uma simples questão: Cultura/família.
Não vai adiantar nada voce criticar e julgar uma cultura tão antiga. Então que tal tentar entendê-la?
Algumas coisas para nós é inaceitável como uma pessoa maior de idade dever total satisfação dos atos para os pais mas para eles isso significa respeito. Até um certo ponto eu concordo com eles porque nós já perdemos a muito tempo o respeito pelos mais velhos. É só olhar ao seu redor e ver quantas crianças respondem para seus pais e eles ainda acham graça. Esse tipo de coisa acaba virando uma bola de neve.
A preocupação dos pais indianos de não deixarem o filho casar com estrangeiro é devido a cultura. Eles sabem que a cultura dos dois é muito diferente e eles temem que os ensinamentos não sejam passados para os filhos. Que a cultura da estrangeira influencie muito mais do que a cultura indiana. E isso realmente ocorre na maioria dos casos pois como a cultura indiana é muito tradicional a cultura estrangeira acaba sendo mais liberal e depois que voce "prova" dessa cultura raramente consiguirá seguir firmemente todas as tradições. Eles acreditam no casamento arranjado onde o amor vem com o passar do tempo. O que também não é um erro. Aqui no Brasil mesmo temos varias agencias de relacionamento e esses relacionamentos na maioria das vezes dão certo. Pessoas com a mesma cultura, mesmos gostos, pessoas que se complementam tem mais chance de ter um relacionamento de sucesso. Portanto eles procuram para o filho uma pessoa nessas condições. Muitos acreditam que esse choque de cultura pode ser fatal para um relacionamento e sinceramente, dependendo do temperamento da pessoa isso realmente é fatal.
Antes de largar tudo o que você tem por esse relacionamento eu faço algumas perguntas:
Voces já se conhecem pessoamente? Voce já foi pra India? Voce já viveu um pouco da cultura indiana? O que ele conhece da sua cultura? Ele já veio ao Brasil? O que você pensa sobre família? Qual a importância da família para você? O que você pretende passar aos seus filhos? A família dele sabe sobre você? O que a família dele pensa a respeito do relacionamento de vocês?
Pense bem em tudo o que voce teria que abrir mão, de como seria a sua vida a partir de então. Voce entraria totalmente na cultura indiana? Voce aceitaria seguir a risca os costumes que forem ditados pela familia do seu marido? A família do seu indiano é uma família tradicional ou é mais liberal? Se eles forem liberais o que isso significa para eles?
No final do ano passado eu escrevi sobre relacionamentos entre brasileiras e indianos. Segue o link: http://jueboskie.blogspot.com/2008/11/amores-entre-brasil-e-india.html

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Dicas

Várias pessoas me perguntam dicas de viagem e sobrevivência na Índia.
Seguem abaixo algumas dicas básicas


  • A melhor época para visitar a Índia é entre Setembro e Março. Nesse período é inverno. No verão a região de Agra, Jaipur e Delhi é extremamente quente e abafada não sendo recomendada para turismo.

  • Caso você queira ir para a região dos Himalaias o verão não é má ideia porem vai perder um pouco já que não verá neve. Já no inverno leve muito agasalho e aproveite a vista maravilhosa que terá pela frente. Algumas regiões do Himalaia ficam fechadas durante o inverno devido ao frio rigoroso e excesso de neve impedindo a passagem.

  • Planeje muito bem a sua viagem. Veja quais pontos gostaria de visitar e qual a melhor época para ver todos esses pontos turísticos.

  • Se for possível viaje próximo de alguma data festiva e aproveite o festival local. Conheça um pouco mais da cultura do povo.

  • Não se esqueça que você deverá tirar os sapatos antes de entrar em um templo. O chão pode estar muito gelado, muito quente ou até mesmo muito sujo então é recomendado sempre levar uma meia junto.

  • Carregue consigo uma garrafa de água mineral comprada no mercado. Em todo lugar da Índia a primeira coisa que irão lhe oferecer ao entrar em um estabelecimento ou casa será um copo de água. Não sabendo a origem da água e para não fazer desfeita em não aceitar mostre que você já está tomando água.

  • Não se assuste com o trânsito local. No primeiro momento você pode até pensar que não sobreviverá mais um quilometro mas aos poucos vai perceber que nada lhe acontecerá. Encare isso como uma aventura.

  • Combine o preço do transporte sempre antes. Você não conhece o local e o taxista poderá dar varias voltas com você pra que pague um valor mais alto. Então sempre combine um valor antes.

  • Pechinche sempre, em tudo.

  • Vá ao cinema e assista a um filme de Bollywood, mesmo ele sendo em hindi e você não entendendo nada. Vale a pena.

  • Carregue consigo um pedaço de papel higiênico. Hoje em dia a maioria dos lugares que recebem turistas tem papel higiênico mas é sempre bom ter algum de reserva.

  • Não coma em qualquer lugar. Lembre-se que você está a passeio e não será nada agradável ter algum problema de estômago ou intestino durante os poucos dias de diversão.

  • Experimente de tudo mas com moderação.

  • Estude a cultura antes. Não julgue. O que para você parece ser inadmissível muitas vezes para eles é sagrado.

  • Vá com a mente aberta para novas experiências. Não se choque com qualquer coisinha diferente que ver pela frente. Não de escândalo em ver uma barata na rua o na casa de alguém. Não fique desesperada ao entrar em um banheiro todo molhado e sem vaso sanitário ocidental.

  • Encare tudo como uma experiência de vida positiva.

Ninguém está certo ou errado no seu modo de agir. Temos culturas diferentes e pontos de vista divergentes em quase tudo. Não tente fazer com que eles achem que o seu modo de vida é superior ao deles porque não é. Entre no clima do local ao qual você foi visitar.


Boa viagem.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Purusharthas - Os quatro objetivos de vida do hinduismo




Purusha significa ser humano e artha signifia objetivo. Purusharta significa o objetivo a ser alcançado pelo ser humano.

De acordo com o hinduismo são quatro objetivos de vida que um ser humano deverá alcançar: dharma, artha, kama e moksha.
Dharma - É o dever, a justiça. é a Constituição que define os nosso papéis e responsabilidades. Nossa ordem social e moral. Nossos objetivos e metas, nossas recompensas e punições. Compreender a verdadeira natureza do Dharma é muito dificil pois o mundo está envolto em ilusões. Nem tudo o que vemos e aprendemos é verdadeiro e confiável. O Dharma está baseado nos Vedas e escrituras antigas como o Bhagavadgita. Porém até que ponto podemos dizer que eles são relevantes na era atual? Como saber o que realmente é o certo? Como saber se estamos seguindo o nosso dharma? Acredito que essas respostas estão dentro de cada um. No nosso subconsciente. Porém é muito dificil entender e ouvir o nosso subconsciente para seguirmos o caminho correto.

Artha - É a busca da riqueza guiada pelo Dharma. As pessoas não devem procurar a riqueza pela riqueza em si mas condições para defender o dharma e ajudar sua familia e sociedade a alcançar seus objetivos. Desejo de riqueza é diferente de ganância de riqueza. O primeiro é altruista enquanto o segundo é egoísta. Acumular riqueza para a familia e bem estar próprio não é pecado porém pegar o que não lhe pertence é. O hinduismo defende a moderação na busca pelas metas materiais e espirituais.

Kama - É o prazer, desejo. Ele está muito relacionado ao desejo sexual. O sexo, segundo o hinduismo, é uma parte importante da vida humana mas a luxuria não. A luxuria, assim como o orgulho e a ganância são um dos maiores obstáculos no caminho espiritual. A atividade sexual é permitida desde que não entre em conflito com os princípios do dharma.
Kama também pode ser entendido como outras formas de prazer e divertimento. Alegrias da família, satisfação intelectual.

Moksha - É a libertação. O Dharma, Artha e Kama são prepáratórios para esse objetivo final. Moksha significa ausencia de delirio. Uma pessoa chega a libertação quando ela consegue o auto controle, a superação dos desejos, a entrega a Deus. Há vários caminhos que levam asalvação e os principais são o conhecimento, a ação, a devoção e a renúncia.

veja também

Related Posts with Thumbnails

Sign by Danasoft - For Backgrounds and Layouts