quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Olha que blog maneiro


Queria agradecer a Sheila do Blog Em formol que me indicou entre os melhores blogs e me passou o selo "Olha que blog maneiro".

Adorei a iniciativa e acho excelente ideia indicarmos blogs que consideramos interessantes.

Quem recebe o selo deve passar adiante a 10 blogs legais e publicar as regras aqui.

Seguem as regras:

1.Exibir a imagem "olha que maneiro" que acabei de ganhar;
2. postar o link do blog que me indicou;
3. indicar 10 blogs de minha preferência;
4. avisar meus indicados;
5. publicar as regras;
6. conferir se os blogs indicados repassaram o selo e as regras.

Segue o link do blog Em formol (que me indicou) - http://emformol.blogspot.com/

Seguem os meus indicados (em ordem alfabética)

Blog de André Modesto Macedo

Caminho India - Em busca da essência

De tudo um pouco - Gloria Perez

Deva - India e seus encantos


Diário de Devathai

Egito e Brasil - Um amor possível

In Omnia Paratus

Narration: Short Stories by Mukund Thapliyal

Paletó deLinho


Patrícia e o sapatinho vermelho


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Fórum de discussões

Adicionei um novo item ao blog, um fórum de discussões sobre a India.

É um espaço para todos os leitores discutirem, trocarem conhecimentos, postarem suas dúvidas e interagirem sobre a India.
O fórum esta ao lado esquerdo do blog.

Podemos dessa forma criar uma rede de amizades, compartilhar com pessoas que possuem os mesmos interesses, as mesmas dúvidas.

Conto com a participação de todos.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Puja


Puja é uma prática sagrada hindu que as pessoas desempenham em diferentes ocasiões para mostrar reverencia aos Deuses. Ele é feito através de invocações, orações (mantras, slokas), canções (bhajans) e rituais.
Normalmente os hindus rezam uma ou duas vezes ao dia. Há diferentes rituais para cada ocasião como casamento, aniversário, inauguração etc.
O Murti Puja é o culto de adoração ao ídolo. Ele é feito perante a imagem, ícone ou qualquer símbolo do Deus.
De acordo com o hinduismo um puja formal consiste em meditação, cantos, leitura das escrituras e oferenda de alimentos.
As pessoas aplicam um Tilak no centro da testa composto por pasta de sândalo e um ponto de Vermillion (Kumkum chand). O centro da testa é considerado um ponto crucial que sugere a onipresença do Divino.
O puja pode ser celebrado por uma pessoa individual ou em encontros.
Normalmente é realizado em templos, casa ou em espaços abertos
O tamanho e a decoração de um santuário doméstico não é muito importante. Pode ser um quarto, um altar ou até mesmo algumas imagens de Deuses coladas na parede.
Durante o Puja doméstico, o chefe da família faz cânticos e preces para os Deuses. Uma imagem pode ser simbolicamente banhada, vestida em novas peças e enriquecidas com ornamentos. Guirlanda de flores podem ser colocadas. Incensos são queimados. Alimentos são oferecidos.
Os membros da familia tocam no Deus, bebem a agua e provam da comida oferecida. Eles acreditam que tanto a água quanto a comida são agora abençoados.
No templo o Puja é normalmente realizado no amanhacer, ao meio dia, ao por do sol e a meia noite.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Reportagem Jornal Extra

Ontem, dia 9 deFevereiro de2009, o Jornal Extra do RIo de Janeiro publicou uma reportagem sobre a minha história. Gostaria de compartilhar com vocês esse momento. Gostaria também de agradecer a atenção e o profissionalismo do jornalista Leonardo Ferreira,autor da reportagem.
Segue abaixo a reportagem e o link da mesma no site do extra.
http://http://extra.globo.com/lazer/sessaoExtra/post.asp?t=brasileira-casada-com-indiano-inspirou-personagem-de-isis-valverde&cod_Post=159973&a=177

Brasileira casada com indiano inspirou personagem de Isis Valverde

Apaixonar-se por um indiano pela internet, casar com ele e se mudar para lá pode parecer coisa de novela. Mas o que vai acontecer com Camilla (Isis Valverde) em “Caminho das Índias” não é ficção. A personagem foi inspirada na história real da paulista Juliana Sayão, de 28 anos. Em 2001, ela começou a conversar com Devashees Thapliyal por um programa de computador. No início, era apenas uma forma de treinar seu inglês, mas não demorou para o bate-papo virar romance.

— Nem imaginava que iria me envolver, não entendia como as pessoas se apaixonavam pela internet — diz Juliana.

Três anos depois, eles se viram pela primeira vez, quando Devashees veio ao Brasil. Em 2005, foi a vez de ela ir para a Índia. Um mês lá fez Juliana ter certeza de que queria se casar. E a brasileira não enfrentou preconceito por ser uma firanghi (estrangeira).

— A família do meu marido é bem aberta. A pressão que eu sofria era para casar logo, porque ele já estava na idade, segundo os costumes indianos — diz a moça, na foto com Devashees, de 32 anos, no dia do casamento.

Eles moraram dois anos na Índia, onde ela chegou a trabalhar como arquiteta. Hoje, vivem em São Paulo. Na pesquisa para novela, a autora Glória Perez se deparou com sua história e criou os personagens Camilla e Ravi (Caio Blat).

— Só não me adaptei à comida, mas nunca fui pressionada a seguir costumes — afirma Juliana.

Juliana conta sua experiência em seu blog.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Culinária Indiana



A culinária Indiana é muito variada. Assim como no Brasil, cada região tem seu prato típico.
O que difere muito a culinária indiana das outras culinárias é a riqueza de temperos.
A foto acima é um mapa da culinaria indiana. Clicando na foto você verá os principais pratod de cada Estado indiano.

A foto abaixo é de um Thali. O thali normalmente é servido em um prato metalico ou em folha de bananeira. Ele é usado tanto no norte quanto no sul da India e normalmente contém diversas tijelinhas com diferentes comidas e doces e o centro do prato normalmente contém arroz ou algum tipo de pão.


Deixo aqui esse espaço para aqueles que quiserem trocar receitas indianas postarem seus comentários com as receitas que conhecem.

Bom apetite

veja também

Related Posts with Thumbnails

Sign by Danasoft - For Backgrounds and Layouts