quinta-feira, 16 de julho de 2009

Diferenças Culturais - Relacionamento

Vamos a mais um post sobre diferenças culturais. Posso estar sendo um pouco repetitiva mas esse tópico sobre diferenças é algo que precisamos sempre falar pois são muitas.
Percebo que cada vez mais está ocorrendo relacionamentos virtuais entre brasileiras e indianos. Algumas, por onda da novela, outras poque simplesmente se apaixonaram mas a todas elas vai o meu alerta.
Não ache que apenas porque ele é gentil com você, romântico, diz toda hora que te ama e que você é a mulher da vida dele que ele irá casar com você.
Existem inúmeros casos de "Raj e Duda" por aí. Eles namoram estrangeiras, se apaixonam por elas mas são poucos os que conseguem realmente levar esse relacionamento adiante. Por uma simples questão: Cultura/família.
Não vai adiantar nada voce criticar e julgar uma cultura tão antiga. Então que tal tentar entendê-la?
Algumas coisas para nós é inaceitável como uma pessoa maior de idade dever total satisfação dos atos para os pais mas para eles isso significa respeito. Até um certo ponto eu concordo com eles porque nós já perdemos a muito tempo o respeito pelos mais velhos. É só olhar ao seu redor e ver quantas crianças respondem para seus pais e eles ainda acham graça. Esse tipo de coisa acaba virando uma bola de neve.
A preocupação dos pais indianos de não deixarem o filho casar com estrangeiro é devido a cultura. Eles sabem que a cultura dos dois é muito diferente e eles temem que os ensinamentos não sejam passados para os filhos. Que a cultura da estrangeira influencie muito mais do que a cultura indiana. E isso realmente ocorre na maioria dos casos pois como a cultura indiana é muito tradicional a cultura estrangeira acaba sendo mais liberal e depois que voce "prova" dessa cultura raramente consiguirá seguir firmemente todas as tradições. Eles acreditam no casamento arranjado onde o amor vem com o passar do tempo. O que também não é um erro. Aqui no Brasil mesmo temos varias agencias de relacionamento e esses relacionamentos na maioria das vezes dão certo. Pessoas com a mesma cultura, mesmos gostos, pessoas que se complementam tem mais chance de ter um relacionamento de sucesso. Portanto eles procuram para o filho uma pessoa nessas condições. Muitos acreditam que esse choque de cultura pode ser fatal para um relacionamento e sinceramente, dependendo do temperamento da pessoa isso realmente é fatal.
Antes de largar tudo o que você tem por esse relacionamento eu faço algumas perguntas:
Voces já se conhecem pessoamente? Voce já foi pra India? Voce já viveu um pouco da cultura indiana? O que ele conhece da sua cultura? Ele já veio ao Brasil? O que você pensa sobre família? Qual a importância da família para você? O que você pretende passar aos seus filhos? A família dele sabe sobre você? O que a família dele pensa a respeito do relacionamento de vocês?
Pense bem em tudo o que voce teria que abrir mão, de como seria a sua vida a partir de então. Voce entraria totalmente na cultura indiana? Voce aceitaria seguir a risca os costumes que forem ditados pela familia do seu marido? A família do seu indiano é uma família tradicional ou é mais liberal? Se eles forem liberais o que isso significa para eles?
No final do ano passado eu escrevi sobre relacionamentos entre brasileiras e indianos. Segue o link: http://jueboskie.blogspot.com/2008/11/amores-entre-brasil-e-india.html

6 comentários:

  1. Desculpa , Juliana, mas não compartilho da mesma opinião. Casamento arranjado e imposto pela família é um atraso de vida (se o filho quiser, beleza, mas o que a gente vê é que cada vez menos eles querem este tipo de casamento).

    E o que mais me revolta é pq a India se abre para o mundo todo qdo a questão é ganhar dinheiro, mas se fecha qdo a questão é familiar. Me parece muito contraditório, tipo: firangis, comprem nossos produtos, gastem $ com a gente , mas não cometam a ousadia de casar com dos nossos. São mercenários demais, pelo amor de Deus!

    Qto aos casamentos arranjados no Brasil, eu acho q só se procura agência quem já tá encalhado há muito tempo.

    Enfim...esse assunto dá pano pra manga, e desculpa te dizer isso , mas eu não entendo como uma brasileira casada com indiano pode ser a favor de casamento arranjado! É dar um tiro no próprio pé!

    (fiz a receita do chai, ficou massa, obrigada!)

    ResponderExcluir
  2. Oiieee :)

    Eu concordo em absolutamente tudo o que você disse Juliana.

    Parabéééns pelo seu blog eu adoro sempre que posso dou faço uma visitinha ;)

    Bjuxx

    ResponderExcluir
  3. oi Sheila,eu entendo perfeitamente a sua posição. Eu queria lembrar que casamento arranjado e casamento forçado são coisas totalmente diferentes. Eu convivi com diversas pessoas na India e são raras as pessoas que soube ou que conhecia e que casaram forçados. Alguns fizeram casamento "por amor" mas a maioria foi casamento arranjado por que eles mesmo quiseram que fosse dessa forma.
    Aqui no Brasil temos vários casamentos "arranjados" indiretamente. Quantas vezes vc já não ouviu alguem falar que vc combina com um amigo e quer lhe apresentar ele. Isso não deixa de ser um arranjo.
    Arranjar um casamento entre duas pessoas que querem se casar não vejo nenhum problema. Forçar alguém a se casar contra a vontade aí sim é um problema grave.

    ResponderExcluir
  4. Ah, entendi.De qualquer modo, eu acho casamento arranjado (ou "auto-arranjado", já vi essa denominação) o fim da picada. Queria ser mais tolerante com as culturas alheias, mas sinceramente, tá difícil!!!Até escrevi sobre casamento arranjado... desci o verbo e olha que nem falei do dote (uma abominação, total atraso de vida ever):

    http://emformol.blogspot.com/2009/07/casamento-arranjadouma-palhacada.html

    ResponderExcluir
  5. Olá Juliana!

    Parabéns pelo Blogue!
    Muito bom mesmo.

    Gostei muito e já votei no TopBlog.
    Estou concorrendo também com o www.poesiaemblog.blogspot.com, e aguardo sua visita e o seu voto.

    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  6. A questão é que vemos tudo pela visão ocidental. Culturas como a árabe e a indiana, são muito mais ligadas à família, não apenas no sentido de presença,mas em relação a respeito e afeto. Assim como alguns podem achar certas coisas deles o fim da picada, eles também acham o mesmo de nós em muitos aspectos, como a família, o casamento, a forma de vestir, o uso do álcool, de drogas, a forma como os relacionamentos ocidentais se desfazem rapidamente e como se comprometem pouco etc.

    ResponderExcluir

veja também

Related Posts with Thumbnails

Sign by Danasoft - For Backgrounds and Layouts