sábado, 18 de abril de 2009

Nagada Nagada

Muito tem se falado em Caminho das Indias sobre Bangra. Uma das músicas que compõe o repertório indiano da novela é uma típica Bangra e o clip revela muito bem esse estilo.
Muitas pessoas me pediram essa música e estou aqui postando. A música é Nagada Nagada. O filme é Jab we met. Eu sou um pouco suspeita pra falar desse filme pois adoro, já assisti algumas vezes, portanto, claro, eu recomendo. Principalmente pra quem gosta de romance, além do que tem imagens belíssimas da India.
Os atores principais do filme (e que aparecem no clip a seguir) são Kareena Kapoor e Shahid Kapoor. Antes que me perguntem, o sobrenome é o mesmo porém eles não tem nenhum grau de parentesco.
Nagada é o nome dado ao tambor grande utilizado na Bangra em português ele é chamado de tímpano.





Diretor Musical: Pritam Chakraborty, Sandesh Shandilya
Cantores: Sonu Nigam, Javed Ali
Letra: Irshad Kamil

rang puredii rang rangiilii ladkii chhailii chhabiilii usde chanchal nain kataar
Linda como uma pintura, uma garota com um vestido colorido, seus olhos são ágeis como uma adaga.
are chanchal nain kataar usdaa ruup banaa hathiyaar
Seus olhos ágeis são uma adaga, sua bela aparência se transformou em uma arma
uske ruup se katal huye to charchaa shuruu huaa
Quando sua beleza me matou, discussões começaram a acontecer
nagaadaa nagaadaa nagaadaa baajaa...
Bate o tambor

rang puredii rang rangiilii chhail chhabiilii naar
Uma donzela com vestidos coloridos
chanchal nain kataar di usdaa ruup tez talwaar
Seus olhos inquietos matam, sua beleza é uma espada afiada
uske ruup se katal huye to charchaa shuruu huaa
Quando sua beleza me matou, discussões começaram a acontecer
nagaadaa nagaadaa nagaadaa baajaa...
Bate o tambor

jab bhii woh ladkii khidkii pe aaye
Quando aquela garota vem para a janela
koii usko dekh mare koii bin dekhe mar jaaye
Alguém morre encarando ela e alguém morre porque não pode vê-la
are guzare galii mohalle se to melaa saa lag jaataa thaa
Quando elapassasse a faixa, haveria festa
har ek aashiq iid manaataa bhangada paataa thaa
Com cada amante festejava e dançava, era a hora da bhangra
khatam naa hotaa diiwaano.n kaa jab se shuruu huaa
Agora que começou, nunca terá fim
nagaadaa nagaadaa nagaadaa baajaa...
Bate o tambor

meri bhari jawaani ve raajna jo ganne ki kori
Minha juventude é sua de qualquer jeito
naina nu sambhale ae kar de roop mere di chori
Você não precisa tentar roubar minha beleza
meri bhari jawaani ve raajna jo ganne ki kori
Minha juventude é sua de qualquer jeito
naina nu sambhale ae kar de roop mere di chori
Você não precisa tentar roubar minha beleza
naina nu sambhale ae kar de roop mere di chori
Você não precisa tentar roubar minha beleza

are bachpan se uskaa ek diiwaanaa thaa
Havia um rapaz louco por ela desde criança
jiskaa paanv galii ke aashiq pare hataanaa thaa
Sua tarefa era manter os demais admiradores longe
dil se jisko maan rahaa thaa apne dil kii raanii woh
Aquele que no fundo sabia que ela era a rainha do seu coração
aur kisii pe hii yaaro.n martii thii marjaanii woh
E ela morreu de amores por um outro alguém
ek kahaanii khatam to duujaa qissaa shuruu huaa
Uma história chegou ao fim e outra começou
nagaadaa nagaadaa nagaadaa baajaa...
Bate o tambor

rang puredii rang rangiilii chhail chhabiilii naar
Uma donzela com vestidos coloridos
chanchal nain kataar di usdaa ruup tez talwaar
Seus olhos inquietos matam, sua beleza é uma espada afiada
uske ruup se katal huye to charchaa shuruu huaa
Quando sua beleza me matou, discussões começaram a acontecer
nagaadaa nagaadaa nagaadaa baajaa...
Bate o tambor



2 comentários:

  1. Opa! Coloca aih "Ringa Ringa" -Slumdog Millionaire, que toca na novela e tah bombando aqui na India!!!

    ResponderExcluir

veja também

Related Posts with Thumbnails

Sign by Danasoft - For Backgrounds and Layouts